Sobre


Olá! Eu me chamo Alexandre Nagado. Sou desenhista e redator e este Sushi POP é um blog de artigos, resenhas, indicações e reflexões sobre cultura pop japonesa. 

Como não podia deixar de ser, escrevo postagens sobre mangá animê (assim mesmo, com circunflexo no "ê"), mas não só isso. Tem também música, mas não apenas trilhas sonoras de séries. É música pela música mesmo, com uma inclinação ao pop maduro e ao rock de estilo mais clássico, mas também com uma antena ligada no que é contemporâneo e no pop bem feito. E tem muito assunto sobre tokusatsu (filmes e seriados de efeitos especiais) que é uma das coisas que eu mais gosto, especialmente do Universo Ultra




No início do blog (que começou em 2008), escrevia também sobre minha rotina de trabalho de desenhista e artigos sobre quadrinhos em geral. De um tempo pra cá, resolvi focar mais na cultura pop japonesa, que já é um assunto bem abrangente. (Eventualmente, me permito sair um pouco do tema.)

Criei este blog para compartilhar informação, trocar ideias com leitores que gostam das mesmas coisas que eu e para me manter escrevendo, pesquisando e aprendendo. 

Mas... Por quê "Sushi POP"?


O sushi é um prato que permite muitas combinações e variações de sabor, com uma estrutura simples e muito eficiente. Usei essa analogia culinária pra batizar este blog, que preza muito valorizar diferentes combinações de ingredientes - gibis, desenhos - para conseguir o melhor sabor, respeitando suas características básicas.

O que tem e o que não tem:

Há diferentes tipos de postagem: às vezes, escrevo sobre alguma série específica, algum título de mangá disponível no mercado brasileiro, vou falar sobre algum artista japonês, contar a história de alguma canção famosa ou divagar sobre temas pertinentes à cultura pop. Tenho gosto bem variado e me interesso por diferentes assuntos, mas certamente tenho minhas preferências. 

Este não é um blog de notícias fresquinhas, mas tem coisas do momento que eu vou me sentir obrigado a comentar. Também não faço resenhas sobre tudo que sai de mangá nas bancas e lojas, apenas o que me chama a atenção, que tem valor para mim. Isso é muito pessoal, eu sei, mas você vai perceber que meu gosto é bem eclético. Gosto de histórias bem contadas e que tenham alma, que tenham sentimento. Ou que sejam muito bem feitas dentro de uma proposta coerente.


Game Soundtracks CDJapan

Também não há uma regularidade ou periodicidade nas postagens. Tenho um trabalho fixo como servidor público da área de vigilância, presto serviços como freelancer de desenho e redação há mais de 25 anos e tenho família (esposa, filhas e gatos). Fora o peso pessoal e profissional, estou sempre envolvido em algum projeto criativo, quando o tempo permite. Por isso, nem toda semana tem post novo, mas tem semanas com mais de um texto. Acredite, eu me desdobro pra fazer este blog. 

Alguns posts são bem objetivos, outros são mais extensos (mas não chega a ser "textão") e, sempre que possível, incluo alguns vídeos nas postagens. Eventualmente, há os posts "Bate-papo", onde um leitor envia uma questão para ser discutida. Procuro ser bem informativo, colocar as coisas no contexto pra que qualquer pessoa consiga acompanhar e também gosto de dar uns pitacos, deixando minhas opiniões sobre vários assuntos. 


De onde vem esse interesse?

Eu gosto de desenhos e heróis japoneses desde que me entendo por gente e isso faz bastante tempo, afinal sou de 1971. Pesquiso e escrevo sobre esses assuntos há mais de 20 anos. 

Colaborei com a lendária revista Herói nos anos 1990, participei dos primeiros anos do portal Omelete, escrevi para um monte de publicações impressas e outros tantos sites. (Aliás, parte desse material foi compilado em livro, sabia?) Faço quadrinhos, tendo publicado bastante HQ comercial, autoral e institucional. Já viajei o país dando palestras, já fui entrevistado em TV, rádio, jornal e na web e conheço bastante gente interessante na área. Quadrinhos, desenhos, músicas e personagens fazem parte da minha vida, permeando o pessoal e o profissional. 

Não sou jornalista de formação, mas muita gente me vê assim e já dividi mesas de debate com jornalistas e professores doutores em comunicação, sendo reconhecido inclusive pelo Consulado Geral do Japão. Tenho sido um divulgador da cultura japonesa há bastante tempo e eventualmente isso é reconhecido, o que me deixa muito contente, claro. Este blog é uma continuação do que tenho feito boa parte da minha vida. 

Finalizando...

O Sushi POP é um blog que fala de mangá, de animê, de música japonesa e tokusatsu, mas também de algumas outras coisas que integram o universo de entretenimento que é a cultura pop japonesa. Sempre divulgando informação e cultura, com posicionamento e opinião. 

Espero que goste do conteúdo e que se sinta bem-vindo a ler e comentar sempre que quiser. E, se você é daqueles(as) que amam cultura japonesa, colabore divulgando este blog nas suas redes sociais. 

É isso. Obrigado pela visita e divirta-se!

Alexandre Nagado
Ilha Solteira, São Paulo

2 comentários:

Rahne Sinclair disse...

Olá Nagado, tudo bem? Existem muitas outras raridades japonesas que ninguém fala. Gostaria de vê-las em seu blog. Séries como Capitão Centela ( the moon masked) e Princesa Cometa. Também gostaria de saber mais sobres as séries Saru no Gudan e da participação de Ultraman Leo no episódio 63 da série Princesa Cometa. Queria saber mais sobre o segundo Filme do Fantomas (Oggon Bato)Made in Korea e se teve licença do criadores para se produzir o filme. Agradeço desde já muito obrigada por nos distribuir tanto conhecimento da cultura japonesa. Fote Abraço.

Alexandre Nagado disse...

Olá, Rahne Sinclair!

Esses filmes coreanos são bem curiosos. Vi um de Dragon Ball que era bem engraçado (humor involuntário), mas nunca pesquisei sobre ele, assim como esse do Fantomas. Arrisco dizer que é material não-autorizado.

"Saru no Gundan" eu preciso ver um dia. Produzido pela Tsuburaya e com o astro de Lion Man encabeçando o elenco, parece interessante.

Sugestões anotadas. Obrigado pela participação!
Abraço!